Pousadas em Poconé, MT

Poconé é considerada o portal do Pantanal norte, pois é nesta cidade que começa uma estrada de terra conhecida como Transpantaneira. A cidade é pequena, e não tem muita infra-estrutura para receber e acomodar turistas. Foi muito importante na época do ciclo do ouro e localiza-se em uma área alagável entre os rios Cuiabá e Paraguai.

Poconé foi fundada no século XVIII durante o ciclo do ouro, quando exploradores de diversas partes do Brasil chegaram e acabaram por formar um povoado. Atualmente, é povoada por agricultores e criadores de gados, que possuem belas fazendas na região. Poconé também é conhecida pelo seu artesanato, no qual são produzidos produtos como tapetes, cestos de taquara, redes, entre outros.

Mesmo sem uma boa infra-estrutura, Poconé é muito procurada pelos turistas, principalmente os aventureiros, que querem percorrer os perigos da Transpantaneira, uma estrada de terra que começa na cidade. A Transpantaneira tem cerca de 145 km com mais de 100 pontes de madeira que dá acesso a várias fazendas isoladas. A travessia da estrada é uma ótima oportunidade para observar a fauna e a flora diversificada da região que já faz parte do Pantanal. Há poucas opções de hospedagem na cidade, mas os hotéis fazenda e pousadas oferecem pescaria e observação de animais, como a Onça Pintada.

A rodovia Transpantaneira é a única via de acesso terrestre do Pantanal até Poconé, que fica entre os rio Cuiabá e Paraguai. A cidade fica a uma distância de 102 km de Cuiabá, chegando até o Parque Nacional do Pantanal Mato Grossense, e pode ser alcançada pela rodovia estadual MT 060.

Ano após ano, Poconé atrai cada vez mais turistas, que querem observar os bichos, pescar e conhecer a região. Atrai também os aventureiros, que vão para vencer as dificuldades da estrada, fazer ralis e trilhas. Apesar de uma cidade pequena, vale a pena a visita pela bela vista da fauna e flora presentes no norte do Pantanal.